Posts antigos > Posts recentes >
*

#21 – 21 dias pro Brasil

Tá quase na hora de sentir calor, ir pra praia, comer macaxeira com charque, dormir na cama de Mainha, cheirar a pança da minha gata, ver minha vó, rever meus amigos, ficar parada no trânsito, comprar muambas pra trazer pra Holanda, ir pra São Paulo, ir pro Rio, comer horrores, visitar as amigas.

Tô agoniadíssima pra que chegue logo!

*

#20 – O prazer de se ter uma casa pra limpar

Tão louca do cu que eu chega errei a numeração dos posts do BEDA e tava publicando coisa como se fosse um dia pra frente.

Hoje fiz una faxina legendária aqui em casa, com ajuda do boy que se encarrega dos seviços pesados (vulgo levantar caixa e ir jogar o lixo fora). A minha flatmate tá viajando por duas semanas e eu entrei no modo empreguete pra limpar até o suvaco dessa casa.

Como dividir casa é uma dor na alma, meu Deus do céu.

Eu sou chata. Assim, chata naquele ponto em que me irrito se a pessoa tira uma folha do lugar e não põe de volta. E dividir apartamento ainda vai me causar uma úlcera, por que o significado de “limpeza” pra minha flatmate não se equipara ao meu. Ela é porquinha, oinc, e vive deixando bagunça pra trás. Eu, velha rabugenta que sou, fico puta da vida. Mas não reclamo a ponto de ser agressiva, pois sei que a convivência saudável entre a gente é importante.

Mas a anta é daquele tipo que deixa o gás aberto e sai de casa, sabe?

Enfim. Nessas duas semanas eu vou focar em viver feliz na minha casinha, do meu jeito, tudo limpo e cheiroso. E, finalmente, depois que quase um ano e meio morando aqui, essa casa me deu a sensação de “lar”.

Dou valor à minha mãe e seu apreço por manter uma casa em ordem. Mas só sentindo na pele o que é ter uma menina folgada morando deixado do meu teto é que eu fui entender.

Haja desinfetante e paciência.

 

*

#19 – De hoje

Acordar tarde, ficar na cama com preguiça de levantar.

Fui na IKEA com o boy. Pela primeira vez juntos, a coisa mais romântica do mundo. Pegar o metrô e ir pro subúrbio fazer compras define qualquer relacionamento. Compramos cacarecos e almoçamos almôndegas.

Cheguei em casa e dei a louca de reorganizar a sala inteira, mudando os móveis de lugar. Agora tá mais com ar de casinha.

Cinema no EYE Film Museum. Sempre quis vir aqui. O boy soube que tinha um filme brasileiro em exibição, e qual a minha surpresa ao saber que era Aquarius? Acabamos de sair de lá. Eu amei tudo. Mas chega me deu um aperto no peito em ver tanta verdade sendo retratada sobre o meu recife.

Agora estamos à caminho do jantar. 00:25 aqui na Holanda. Vamos pro Japanner comer sushi.

Ta frio e chuvoso hoje. Eu tô super cansada e feliz.

*

Categorias